Meu olhar penetra na escuridão

Por Rudolf Steiner
Meu olhar penetra na escuridão:
Nela surge luz,
Luz vivente.
Quem é essa luz na escuridão?
Eu mesmo a sou na minha realidade.
Essa realidade do Eu
Não entra na minha existência terrestre;
Sou apenas sua imagem.
Mas hei de reencontrá-la
Quando eu, com boa vontade pelo espírito.
Tiver atravessado o portal da morte.

Sem comentários:

Enviar um comentário