Terapia Artística

Annelvira Gabarra

Do encontro entre médicos e artistas, surgiu uma forma especial de terapia.A origem da Terapia Artística vem do trabalho que a Dra. Ita Wegmann (1876-1943) desenvolveu com Rudolf Steiner (1861-1925), no qual a pintura era eventualmente prescrita como parte do tratamento médico.Em 1925, quando a Dra. Margarethe Hauschka (1896-1980) foi à Clínica de Arlesheim (Suíça), encontrou-se com duas pintoras, Sofia Baurer e Maria Kleiner, que pintavam com os pacientes.Até 1927, ela pode trabalhar com pintura e cerâmica com os pacientes da clínica do Dr. Husemann, em Cunterstal (Alemanha) e nos dois anos seguintes, foi para uma clínica filial da Arlesheim, em Lugano (Suíça), para cuidar da parte terapêutica e cultural.

De volta a Arlesheim, em 1929, paralelamente ao seu trabalho médico, foi responsável pelo ensino de arte nos cursos anuais de enfermagem e medicina antroposófica por doze anos consecutivos, até que a II guerra colocou um fim temporário a essa atividade.

Em 1940, foi para a Áustria e durante 22 anos trabalhou e deu cursos no país e no exterior. Através dessa experiência, construiu as bases práticas e teóricas de Terapia Artística, para em 1962 fundar a primeira escola, em Bad Boll, na Alemanha. Mais tarde surgiram outras escolas afilhadas que deram contribuições próprias ao desenvolvimento dessa nova terapia.

No Brasil, a Terapia Artística surgiu graças ao impulso dado por D. Ada Jens (1921-1994), através da sua prática na Clínica Tobias (São Paulo) e pela criação do curso de Terapia Artística. D. Ada, que era enfermeira e fisioterapeuta, fez a formação em Terapia Artística em 1969, em Bad Boll e teve como mestra a Dra. Margarethe Hauschka. De volta ao Brasil, D. Ada foi responsável pela Terapia Artística na Clínica Tobias por vinte anos.

Em 1986, junto à Sociedade Brasileira de Médicos Antroposóficos e com o apoio da Associação Tobias, ela iniciou, com seu entusiasmo constante, o primeiro curso de formação de Terapeutas Artísticos no Brasil, que teve como sede, até 1992, o Centro Paulus de Estudos Goetheanísticos, em Parelheiros, SP. Atualmente existem três cursos de formação, em Florianópolis, São Paulo e Belo Horizonte.

Ref. AURORA - Associação Brasileira de Terapia Artística Antroposófica.

Sem comentários:

Enviar um comentário